InícioAtualidades30 dias sem futebol, quais as perspectivas ?

30 dias sem futebol, quais as perspectivas ?

Sem futebol até quando. Perspectivas.
Há 30 dias, no dia seguinte ao sensacional confronto entre Liverpool 1×0 Atlético Madrid (prorrogação 1×3) o mundo já estava assustado com o Covid-19, e tudo ficaria paralisado. Nos dias anteriores, dois jogos pela Champions eram disputados com os Estádios vazios: PSG x Borussia Dortmund e Valencia x Atalanta.
Aqui no Brasil tudo também seria paralisado naquele próximo fim de semana, dias 14 e 15 de março de 2020.

Pois então em que situação estamos agora ? Ainda com total indefinição, após milhares de mortos em vários países, principalmente nos Estados Unidos, Espanha, Itália, Inglaterra e na China, onde esta pandemia teve seus primeiros casos. E não podemos esquecer que o mais importante a saúde de todos, com o isolamento social e os cuidados no dia a dia.

A FIFA não somente com a ajuda financeira, mas também tenta sugerir neste primeiro momento que as competições mundo afora aguardem pelos acontecimentos, para que as Federações possam dar soluções em seus casos específicos de cada país. O objetivo, sobre o ponto de vista do esporte, é que tenha-se lisura de como as competições podem ser concluídas num calendário comprometido com pelos menos estes 30 dias de suspensão, e prováveis mais 60 dias (uma pandemia tem sempre seus dados, gráficos e desenvolvimento, entre o início de uma curva estatística e o controle aceitável, pelo menos 90 dias de visualização), talvez um exagero, talvez ainda um otimismo.

Como estão os campeonatos – Europa.
CHAMPIONS – 4 jogos de volta das oitavas para concluir e mais quartas, semifinais e decisão.
EUROPE LEAGUE – nas oitavas com 2 jogos de ida e os 8 de volta a realizar, e mais quartas, semifinais e decisão.
EUROCOPA – adiada para 2021.
INGLATERRA – 9 rodadas por jogar. Liverpool com 25 pontos sobre o Manchester City.
ITÁLIA – 12 rodadas por jogar. Juventus (63) e Lazio (62) seguem na frente.
ESPANHA – 11 rodadas por jogar. Barcelona (58) e Real Madrid (57) seguem na frente.
ALEMANHA – 9 rodadas por jogar. Bayern Munique (55), Bor.Dortmund (51) e Leipzig (50) na frente.
FRANÇA – 10 rodadas por jogar. PSG com 12 pontos sobre o Olymp.Marseille.
PORTUGAL – 10 rodadas por jogar. Porto (60) e Benfica (59) seguem na frente.

Nos campeonatos nacionais, não somente implica a questão de definir os campeões (Liverpool e PSG levam boas vantagens para conquistar o títulos), mas também as colocações para as copas européias e os clubes do rebaixamento. Já nas copas destes países, faltam 3 ou 4 datas para definição de quartas, semifinais e decisões.
Nas copas européias, a competição mais importante, e onde os R$ é o mais atraente, precisaria de pelo menos 6 datas, a não ser que as fases restantes possam ser disputadas em partidas únicas.
Importante ressaltar, que pelos menos Itália, Espanha e Inglaterra, que tem os principais clubes das competições são os mais afetados pela pandemia.

Como estão os campeonatos – América do Sul.
LIBERTADORES – na fase de grupos com 4 rodadas a concluir. Depois as oitavas, quartas, semifinais e decisão.
SUL-AMERICANA – concluída a primeira fase, seguirá a segunda fase, oitavas, quartas, semifinais e decisão.
COPA AMÉRICA – adiada para 2021.
ELIMINATÓRIAS – adiada sem data para começar.
As duas competições sul-americanas precisam de pelo menos 11 datas, mas até o fim deste ano de 2020. Podem equacionar junto as Federações dos países estas possibilidades.

Como estão os campeonatos – Brasil.
ESTADUAIS – de forma geral, precisam de 30 /40 dias – após a pandemia ser controlada, para serem concluídos, seguindo os respectivos regulamentos. E apesar de muitos não darem importância a estes campeonatos atualmente, seria de bom senso que eles possam ser concluídos.

BRASILEIROS (divisões) – por ainda aguardar o restabelecimento do futebol, e as conclusões dos Estaduais, fica realmente difícil encaixar um campeonato de 38 rodadas até o final de 2020. A decisão mais razoável para não comprometer 2021 é a mudança de regulamento, o que muitos tem contestado, abrindo precedentes para interesses daqueles que “estão aí para complicar as coisas”, e dar destino diferente ao sistema adotado, de pontos corridos, desde 2003.

Enfim muito ainda será comentado, noticiado, e aguardamos que de forma geral, seja aqui no Brasil como lá fora, prevaleça algo razoável para que aquelas competições por concluir consigam este intuito, e para aquelas que se iniciariam ainda neste calendário, possam ser de forma ajustada, pois não parece haver outra opção, até porque o futebol só volta minimamente a partir de julho próximo, e com boa dose de otimismo.

O processo epidêmico, além de seus mínimos 90 dias de transcorrência, ainda tem o período de estabilização, correndo-se riscos de recaída, de uma segunda fase do processo. Isso ninguém deseja.

Em comum acordo estamos todos nós que curtimos o futebol, que saudade !!! que saudade !!!

E depois desta tarde de “comemoração do penta campeonato mundial” em partida reprisada na nossa TV, uma boa páscoa, um bom domingo (o 5º. sem futebol), e que ele retorne dentro do tempo necessário para que todos nós estejamos em segurança.

FOTO: freepik.com

Post Anterior
POST 400 - todos os jogadores campeões do mundo pela Seleção Brasileira.
Próximo Post
Hexa, hepta, octa.... campeões nacionais europeus em títulos consecutivos.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.