InícioClubesBreve história dos 50 anos do Paris Saint-Germain.

Breve história dos 50 anos do Paris Saint-Germain.

Paris Saint Germain – 50 anos
O futebol francês começou com sua Copa em 1918 e somente em 1933 teria o campeonato nacional. Em sua história que vai ainda completar 90 anos em 2023, vários clubes conquistaram o título de campeão francês, mais precisamente, 18 clubes diferentes. O maior campeão é o Saint-Etienne com 10 taças, e com este total desde 1981, ou seja, por completar na próxima temporada 2020/2021, 40 anos sem ser superado.
A França é uma exceção (como na Alemanha e Itália) em que o(s) time(s) da capital não são os maiores campeões. Mas, lá nos anos 1930 existiam clubes de Paris como o Racing Paris, o Red Star e o Stade Français, os dois primeiros participando dos primeiros campeonatos, e realizando seus confrontos.
O futebol francês foi se desenvolvendo de forma espalhada por várias cidades como Marseille, Nantes, Lille, Reims e Saint-Etienne. Paris ficava para trás, assistindo as conquistas de cidade do interior do país.

OS PRIMEIROS 15 ANOS – 1971-1986
Em suas duas primeiras temporadas o PSG estava na 2ª.divisão (Ligue 2) e subiria justamente para 1971/1972 após conquistar a 2ª.divisão. Desde de 1972 até 2020 o clube disputaria as 49 edições do campeonato francês.
Naqueles anos 1970 suas participações eram modestas e quase sempre ficava na segunda metade da tabela.

1972 – 16ª.colocação – 38 jogos – 10v 10e 8d – 51/67 gols
1973 – 12ª.colocação – 38 jogos – 13v 10e 5d – 54/58 gols
1974 – 19ª.colocação – 38 jogos – 9v 18e 11d – 54/79 gols
1975 – 15ª.colocação – 38 jogos – 12v 13e 13d – 57/65 gols
1976 – 14ª.colocação – 38 jogos – 13v 13e 12d – 63/60 gols
1977 – 9ª.colocação – 38 jogos – 17v 8e 13d – 65/55 gols
1978 – 10ª.colocação – 38 jogos – 14v 8e 16d – 75/66 gols
1979 – 13ª.colocação – 38 jogos – 14v 8e 16d – 59/66 gols
1980 – 7ª.colocação – 38 jogos – 15v 10e 13d – 59/52 gols
1981 – 5ª.colocação – 38 jogos – 17v 12e 9d – 62/50 gols
1982 – 7ª.colocação – 38 jogos – 17v 9e 12d – 58/45 gols
1983 – 3ª.colocação – 38 jogos – 20v 7e 11d – 66/49 gols
1984 – 4ª.colocação – 38 jogos – 18v 11e 9d – 56/37 gols
1985 – 13ª.colocação – 38 jogos – 13v 7e 18d – 58/73 gols.

No início dos anos 1980 o clube conquistaria duas Copas da França, em 1982 contra o Saint-Etienne (1×1, prorrogação 1×1 e pênaltis 6×5 – os dois gols do Saint-Etienne marcados por Michel Platini) e em 1983 contra o Nantes (3×2). Estas duas conquistas lhe deram vaga na RECOPA nos anos seguintes tendo chegado no máximo nas quartas de 1983. Ainda participaria da Copa da UEFA em 1985. Suas melhores colocações no campeonato francês aconteciam com a 3ª.colocação de 1983 e a 4ª.colocação de 1984. Por ironia, sua participação em 1985 seria muito ruim, sofrendo 73 gols e com 18 derrotas, a pior de sua breve história. Finalizaria a temporada perdendo a Copa da França para o Monaco por 1×0.

1986-2010 – ALGUMAS CONQUISTAS
A temporada de 1985/1986 começaria de forma surpreendente, com o clube virando o 1º.turno do campeonato francês com 14 vitórias e 5 empates. Na Copa da França não foi bem ficando nas semifinais contra o Bordeaux, mas sua primeira conquista da 1ª.divisão era o objetivo. O Nantes até que incomodou bastante, e três pontos a frente o PSG conquistava a França. Vaga garantida na Copa dos Campeões e a busca por mais conquistas. Sua estréia na principal competição de clubes da Europa seria uma decepção com a eliminação para o Vitkovice de Tchecoslováquia. Só retornaria a outra copa européia em 1990 na Copa da UEFA ficando na segunda fase contra a Juventus.

1986 – 1ª.colocação – 38 jogos – 23v 10e 5d – 66/33gols
1987 – 7ª.colocação – 38 jogos – 14v 13e 11d – 35/33 gols
1988 – 15ª.colocação – 38 jogos – 12v 10e 16d – 36/45 gols
1989 – 2ª.colocação – 38 jogos – 19v 13e 6d – 45/26 gols
1990 – 5ª.colocação – 38 jogos – 18v 6e 14d – 50/48 gols
1991 – 9ª.colocação – 38 jogos – 13v 12e 13d – 40/42 gols
1992 – 3ª.colocação – 38 jogos – 15v 17e 6d – 43/27 gols
1993 – 2ª.colocação – 38 jogos – 20v 11e 7d – 61/29 gols
1994 – 1ª.colocação – 38 jogos – 24v 11e 3d – 54/22 gols
1995 – 3ª.colocação – 38 jogos – 20v 7e 11d – 58/41 gols
1996 – 2ª.colocação – 38 jogos – 19v 11e 8d – 65/36 gols
1997 – 2ª.colocação – 38 jogos – 18v 13e 7d – 57/31 gols
1998 – 8ª.colocação – 34 jogos – 14v 8e 12d – 43/25 gols
1999 – 9ª.colocação – 34 jogos – 10v 9e 9d – 34/35 gols
2000 – 2ª.colocação – 34 jogos – 16v 10e 8d – 54/40 gols
2001 – 9ª.colocação – 34 jogos – 12v 8e 14d – 44/45 gols
2002 – 4ª.colocação – 34 jogos – 15v 13e 6d – 43/24 gols
2003 – 11ª.colocação – 38 jogos – 14v 12e 12d – 48/36 gols
2004 – 2ª.colocação – 38 jogos – 22v 10e 6d – 50/28 gols
2005 – 9ª.colocação – 38 jogos – 12v 15e 11d – 40/41 gols
2006 – 9ª.colocação – 38 jogos – 13v 13e 12d – 44/38 gols
2007 – 15ª.colocação – 38 jogos – 12v 12e 14d – 42/42 gols
2008 – 16ª.colocação – 38 jogos – 10v 13e 15d – 37/45 gols
2009 – 6ª.colocação – 38 jogos – 19v 7e 12d – 49/38 gols
2010 – 13ª.colocação – 38 jogos – 12v 11e 15d – 50/46 gols

Passariam-se 8 anos para o clube conquistar seu 2º.título do campeonato francês em 1994, após duas excelentes campanhas em 1992 e 1993 quando o título do Olympique Marseille seria cassado, mas o PSG ficando com o vice. Ainda em 1993 conquistava sua 3ª. Copa da França.
Uma sequência de conquistas aconteciam nesta época, ao conquistar novamente a Copa da França em 1995 e 1998, a Supercopa em 1995 e 1998, a Copa da Liga em 1995 e 1998 e nas Copas Europeias, o título da RECOPA de 1996 contra o Rapid Viena, o vice no ano seguinte contra o Barcelona, e outro vice na Supercopa da Europa em 1996 contra a Juventus. O clube em sua 3ª.década de existência apresentava boas participações e também conquistas.
Mas salvo os vices de 1996/1997/2000/2004, o clube oscilava outras colocações entre 11ª. e 16ª.colocações. Outro aspecto que nunca era eficiente era a marcação de gols. Em 25 edições entre 1986 e 2010, em apenas 10 campanhas o clube marcaria mais de 50 gols, e apenas 3 destas, superando 60 gols marcados. A comemoração de seu 40º. Aniversário não era das mais otimistas para o futuro do clube.

A ÚLTIMA DÉCADA – 2011-2020
Nos anos 2000 o clube conquistava isoladamente a Copa da França em 2004-2006-2010 e a Supercopa da França em 2008. Somente com os Investimentos da QATAR Sports Investments em junho de 2011 é que o destino do clube mudaria. A partir da temporada 2011/2012 muitos reforços chegariam como Pastore, Thiago Motta, Lavezzi, Thiago Silva, Ibrahimovic e Beckham. Também o técnico Carlos Ancelotti, o italiano Verratti, depois o técnico Blanc, o atacante Cavani, Marquinhos, David Luiz, Aurier, Di Maria até a chegada de Neymar em 2017.
No passado, os brasileiros que haviam passado pelo clube, em diversos períodos foram Abel Braga, Valdo, Ricardo Gomes, Raí (considerado um dos maiores ídolos), Ronaldinho Gaúcho e Nene (atualmente no Fluminense).
São 9 temporadas em que os investimentos tem estado disponível, e o PSG na França já está praticamente no topo de conquistas (há 1 título nacional de igualar ao Saint-Etienne), e sua força de elenco. Mas sutilmente é percebido que as disputas nacionais não atendem mais as motivações do elenco, dos dirigentes e da torcida. A Champions é a busca.

2011 – 4ª.colocação – 38 jogos – 15v 15e 8d – 56/41 gols
2012 – 2ª.colocação – 38 jogos – 23v 10e 5d – 75/41 gols
2013 – 1ª.colocação – 38 jogos – 25v 8e 5d – 69/23 gols
2014 – 1ª.colocação – 38 jogos – 27v 8e 3d – 84/23 gols
2015 – 1ª.colocação – 38 jogos – 24v 11e 3d – 83/36 gols
2016 – 1ª.colocação – 38 jogos – 30v 6e 2d – 102/19 gols
2017 – 2ª.colocação – 38 jogos – 27v 6e 5d – 83/27 gols
2018 – 1ª.colocação – 38 jogos – 29v 6e 3d – 108/29 gols
2019 – 1ª.colocação – 38 jogos – 29v 4e 5d – 105/35 gols
2020 – 1ª.colocação – 27 jogos – 22v 2e 3d – 75/24 gols

A seqüência de conquistas do campeonato francês poderia estar com um octacampeonato senão a surpresa Monaco em 2017, com o jovem Kilian Mbappe. Mas são 7 campeonatos nacionais, 5 Copas (2015-2016-2017-2018-2020), 6 Copas da Liga (2014-2015-2016-2017-2018-2020) e 8 Supercopas (2013-2014-2015-2016-2017-2018-2019-2020).

O FUTEBOL DE PARIS
Os últimos anos elevaram o futebol da capital francesa ao topo com o PSG, e suas dezenas de conquistas, mas em busca ainda do título máximo da Europa – a Champions League.
Nesta data do cinqüentenário, 12 de agosto de 2020, o clube passa de forma excepcional pelo organizado Atalanta da Itália, nas quartas de finais da Champions, chegando as semifinais pela primeira vez nestes últimos 8 anos.
Os outros clubes de Paris ficaram pela história, e apenas o Racing Paris esteve junto com o PSG ao longo dos anos 1970 e 1980 no campeonato francês.
Paris é representada pelo PSG.

FOTO: uol.com

Post Anterior
A seqüência das Copas Europeias 2019/2020.
Próximo Post
Os campeonatos estaduais 2020, atualizando as notícias.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.