InícioSeleçõesCampeões: Brasil na Copa América, México na CONCACAF e EUA no Mundial Feminino.

Campeões: Brasil na Copa América, México na CONCACAF e EUA no Mundial Feminino.

As seleções campeãs.
Depois das conquistas de Portugal na Liga das Nações e da Ucrânia no Mundial Sub20, chegou a vez dos campeões da América do Sul, da CONCACAF e do Mundial Feminino.

COPA AMÉRICA – e nossa seleção confirmou 100 % em 5 títulos da Copa América conquistados quando fomos a sede do Torneio. Nas estatísticas somamos mais pontos, mais vitórias, mais gols marcados, menos gols sofridos, invictos, artilheiro da competição, maiores públicos, e principalmente a taça indo para a galeria.
Parece tudo perfeito descrevendo assim, mas os fatos não dizem o contrário. Somos os maiores campeões em termos de seleções nacionais. Afinal, nos seis anos conquistamos a Copa das Confederações (2013) sobre a então atual bicampeã européia e campeã mundial Espanha, conquistamos as Olimpíadas sobre os jovens jogadores da Alemanha e agora a Copa América. Nenhuma seleção alcançou estes 3 títulos. Portugal até que conquistou a Eurocopa 2016 e recentemente a Liga das Nações. Tudo bem que a Alemanha e França foram campeãs do mundo, mas nós temos mais títulos na história. A Inglaterra, a Espanha, a Itália e a Holanda não ganharam nada.
Mesmo com uma geração limitada em termos de jogadores e com a conhecida desorganização do nosso futebol vamos seguindo com nossas conquistas.
A edição desta Copa América teve as estranhas informações de renda e público, demonstrando que o valor do ingresso foi muito alto para nossos padrões e que em algumas partidas o público foi péssimo.
Em campo, talvez o torcedor esperasse que os grandes jogadores sul-americanos que jogam na Europa fossem fazer um gol atrás do outro, que todos os jogos teríamos jogadas sensacionais, mas nada disso aconteceu, principalmente nos 4 confrontos das Quartas de Finais que tivemos 3 vezes o 0x0, e a disputa de pênaltis.
Mas não podemos de lembrar que os craques do Barcelona, da Juventus, do Manchester City deixaram suas marcas. Afinal muitos deles jogam juntos o ano inteiro nos clubes.
O Messi fez 1 gol, o Suarez fez 2, o Coutinho fez 2 e foi campeão assim como o Artur. E o Vidal também fez 1 gol. Pelo City, o Gabriel Jesus fez 2 e foi campeão enquanto o Aguero fez 2 gols mas não foi campeão como também o Otamendi. Já o Cavani fez 2 gols, o Neymar não jogou, e Daniel Alves, Thiago Silva e Marquinhos foram campeões. No futebol globalizado tem sido assim.

Semifinais
02.julho.2019.terça
Brasil 2×0 Argentina – 52.235
Estádio do Mineirão – Belo Horizonte

03.junho.2019.quarta
Chile 0x3 Peru – 29.895
Estádio Arena do Grêmio – Porto Alegre

Finais
06.julho.2019.sábado
Argentina 2×1 Chile – 41.573
Estádio Arena Corinthians – São Paulo
07.julho.2019.domingo
Peru 1×3 Brasil – 69.698
Estádio do Maracanã – Rio de Janeiro
(*) O Brasil sagrou-se campeão.

Principais Artilheiros
Everton (Brasil (3)
Paolo Guerreiro (Peru) 3
Lautaro Martinez (Argentina) 2
Sergio Aguero (Argentina) 2
Gabriel Jesus (Brasil) 2
Phillipe Coutinho (Brasil) 2
Roberto Firmino (Brasil) 2
Alexis Sanchez (Chile) 2
Eduardo Vargas (Chile) 2
Duvan Zapata (Colômbia) 2
Liyoshi (Japão) 2
Edison Flores (Peru) 2
Edinson Cavani (Uruguai) 2
Luis Suarez (Uruguai) 2
Darwin Machis (Venezuela) 2

Copa América – últimos campeões
1975 Peru (1) – Colômbia (-)
1979 Paraguai (2) – Chile (-)
1983 Uruguai (12) – Brasil (3)
1987 Uruguai (13) – Chile (-)
1989 Brasil (4) – Uruguai (13)
1991 Argentina (13) – Brasil (4)
1993 Argentina (14) – México (-)
1995 Uruguai (14) – Brasil (4)
1997 Brasil (5) – Bolívia (1)
1999 Brasil (6) – Uruguai (14)
2001 Colômbia (1) – México (-)
2004 Brasil (7) – Argentina (14)
2007 Brasil (8) – Argentina (14)
2011 Uruguai (15) – Paraguai (2)
2015 Chile (1) – Argentina (14)
2016 Chile (2) – Argentina (14)
2019 Brasil (9) – Peru (1)

Uruguai (15), Argentina (14), Brasil (9), Chile (2), Paraguai (2), Colômbia (1), Peru (1) e Bolívia (1).

GOLD CUP – a 15ª. edição da Gold Cup teve o México como campeão, seu 8º título neste formado, e seu 14º título considerando as competições antecessoras do futebol na CONCACAF.
A competição deste ano teve 4 seleções a mais do que em 2017, em 4 grupos de 4 que jogaram 3 rodadas, e interessante tabela com duas partidas no mesmo estádio, a 1ª fazendo a preliminar. Os públicos nos jogos do México foram muito superiores do que a dos Estados Unidos, e grande parte dos jogos disputados no país norte-americano, além de outras partidas na Costa Rica e Jamaica.
Apesar das goleadas de México e Canadá, ambos por 7×0 sobre Cuba e dos Estados Unidos por 6×0 sobre Trinidad além de outros cinco resultados com goleadas de 4 gols, o futebol apresentado não foi dos melhores. O México mesmo com a conquista passou pela Costa Rica nos pênaltis nas Quartas e pelo Haiti na prorrogação. E os Estados Unidos com 1×0 sobre Curaçao nas quartas. As 3 seleções da América do Norte foram os melhores ataques com México e Estados Unidos marcando 15 gols e o Canadá com 14 gols. Cuba sofreu 17 gols.
Desde 1991 a competição vem sendo disputada em anos ímpares no intervalo de 2 anos.

Copa Ouro
1991 Estados Unidos (1) – Honduras (1)
1993 México (7) – Estados Unidos (1)
1996 México (8) – Brasil Sub-23 (-)
1998 México (9) – Estados Unidos (1)
2000 Canadá (2) – Colômbia (-)
2002 Estados Unidos (2) – Costa Rica (10)
2003 México (10) – Brasil (-)
2005 Estados Unidos (3) – Panamá (1)
2007 Estados Unidos (4) – México (10)
2009 México (11) – Estados Unidos (4)
2011 México (12) – Estados Unidos (4)
2013 Estados Unidos (5) – Panamá (1)
2015 México (13) – Jamaica (-)
2017 Estados Unidos (6) – Jamaica (-)
2019 México (14) – Estados Unidos (6)

México (14), Costa Rica (10), Estados Unidos (5), Canadá (2), Haiti (2), Honduras (1), Guatemala (1), Panamá (1) e El Salvador (1).

COPA DO MUNDO FEMININO – e com certeza a competição que mais trouxe coisas boas para o desportista em geral foi a Copa do Mundo de Futebol Feminino que começou com este modelo em 1991, na 12 participantes e esta edição na França já com 24 seleções, uma competição mais extensa, e de inteiro sucesso.
A bela organização da França, os estádios impecáveis tanto para o torcedor quanto para o jogo de futebol, e o excelente nível de um futebol que mais tem se desenvolvido.
Historicamente, em 1970 e 1971 disputou-se uma Copa do Mundo extra-oficial, que se seguiu de Mundialitos nos anos 1980 (na Itália e na China) até a criação da Copa do Mundo em 1991. Em 1996 também o futebol era inserido como competição olímpica.
Os Estados Unidos comprovaram toda sua dedicação e principalmente a cultura e investimentos no país, tornando-se tetra campeões em 8 edições. A surpresa da seleção holandesa, atual campeã européia, o esforço da França como país sede, e boas participações de Alemanha, Suécia e Noruega que possuem tradição da categoria.
Já a seleção brasileira ainda peca pela falta de determinação na disputa, sofrendo pressões durante os jogos, precisando ser mais eficaz neste aspecto. Também não podemos deixar de dizer de investimentos, de oportunidades para que tenhamos boas gerações. Talvez há 10/15 anos atrás tenhamos tido realmente a oportunidade de sermos campeões, e passou. Não dá pra ficar lembrando da Marta o tempo todo. Passou.

Quartas de Finais
27.junho.2019.quinta
Noruega 0x3 Inglaterra – 21.111
28.junho.2019.sexta
França 1×2 Estados Unidos – 45.595
29.junho.2019.sábado
Itália 0x2 Holanda – 22.600
Alemanha 1×2 Suécia – 25.301

Semifinais
02.julho.2019.terça
Inglaterra 1×2 Estados Unidos – 53.512
03.julho.2019.quarta
Holanda 0x0 Suécia – 48.452 – (pr.1×0)

Finais
06.julho.2019.sábado
Suécia 2×1 Inglaterra – 20.316
07.julho.2019.domingo
Estados Unidos 2×0 Holanda – 57.900
(*) Os Estados Unidos sagraram-se campeões.

Campeões
1991 Estados Unidos (1) – Noruega (-)
1995 Noruega (1) – Alemanha (-)
1999 Estados Unidos (2) – China (-)
2003 Alemanha (1) – Suécia (-)
2007 Alemanha (2) – Brasil (-)
2011 Japão (1) – Estados Unidos (2)
2015 Estados Unidos (3) – Japão (1)
2019 Estados Unidos (4) – Holanda (-)

Estados Unidos (4), Alemanha (2), Japão (1) e Noruega (1).

SELEÇÕES
E neste calendário de competições de seleções em todos os continentes, lembramos que a Copa da Ásia aconteceu em fevereiro/2019 com a conquista do Catar sobre o Japão. A Copa da Oceania acontece em anos pares, e foi em 2016 com o 7º.título da Nova Zelândia.
Ainda teremos o Mundial Sub17 no Peru, agora em setembro/outubro. E também tivemos o Brasil como campeão do Torneio de Toulon, na França, no mês passado.
E fechando nosso assunto, somente no dia 24/7 próximo teremos a decisão da Copa da África, que está sendo disputada no Egito.

FOTO: elpais

Post Anterior
Decisões de Seleções - Copa America, GoldCup e Mundial Feminino.
Próximo Post
O retorno do futebol aqui no Brasil.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.