InícioAtualidadesCampeonatos Nacionais na Europa – rebaixamentos e acessos 2018/2019.

Campeonatos Nacionais na Europa – rebaixamentos e acessos 2018/2019.

Futebol Europeu, campeonatos nacionais – quem desceu, quem caiu…
Ao final da temporada 2017/2018 nos campeonatos europeus lamentaram-se aqueles que foram rebaixados, e até clubes muito tradicionais como o Hamburgo da Alemanha (que estava desde a fundação da Bundesliga – 54 anos – na temporada 1963/1964 e campeão por 3 vezes neste período), e outros dois como o Paços Ferreira que estava há 13 anos na 1ª.divisão de Portugal e o Toulouse há 15 anos no campeonato francês. E podemos acrescentar o Málaga da Espanha e o Stoke City da Inglaterra, ambos há 10 anos na 1ª.divisão de seus países.

Daqueles que subiram, o que estava mais tempo longe da 1ª.divisão foi o Nimes da França, há 27 anos. O Nacional da Ilha da Madeira, cidade do Cristiano Ronaldo, tinha caído em 2017 quando tinha ficado por 15 anos na principal divisão portuguesa, e logo retorna para esta temporada. Porém o Santa Clara, também de Portugal, estava há 15 anos fora da 1ª.divisão. Destacamos também o Nuremberg da Alemanha (9 títulos nacionais atrás apenas do Bayern Munique) que retorna depois de 4 anos.

Estreante temos o Huesca da Espanha assim como o retorno do Valladolid depois de 4 anos e do Rayo Vallecano depois de 2 anos, e anteriormente tendo disputado por 5 temporadas o campeonato espanhol.
Na Inglaterra, retorna o Wolverhampton depois de 6 anos, quando estava numa sequência de 3 anos. Na França, o Stade de Reims (campeão francês por 6 vezes), retorna depois de 2 anos, quando estava há 4 anos disputando a 1ª.divisão.
Então é isso, aqueles que caíram que retornem o mais breve, e estes que voltaram que possam permanecer.

Abaixo a relação de todos de caíram ou subiram (entre parentes o número de anos que estavam na respectiva divisão).

REBAIXADOS
PORTUGAL – Paços Ferreira (15) e Estoril (6).
ESPANHA – La Coruna (4), Las Palmas (3) e Málaga (10).
ITÁLIA – Crotone (2), Verona (1) e Benevento (1).
ALEMANHA – Colonia (4) e Hamburgo (54).
INGLATERRA – Swansea (7), Stoke City (10) e West Bromwich (8).
FRANÇA – Toulouse (15), Troyes (1) e Metz (2).

SUBIRAM:
PORTUGAL – Nacional (1) e Santa Clara (15).
ESPANHA – Huesca (estreante), Rayo Vallecano (2) e Valladolid (4).
ITÁLIA – Empoli (1), Parma (3) e Frosinone (2).
ALEMANHA – Fortuna Dusseldorf (5) e Nuremberg (4).
INGLATERRA – Wolverhampton (6), Cardiff City (4) e Fulham (4.
FRANÇA – Stade de Reims (2), Nimes (27) e Ajaccio (2).

Breve faremos um resumo daqueles clubes mais consideráveis de cada país, que estão mais tempo longe da 1ª.divisão de seus países.

Post Anterior
Informativo em Revista - Edição 15 - temporada 2018-2019
Próximo Post
O acesso dos clubes da 3a.divisão do brasileiro, para 2019.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.