InícioClubesClubes campeões em divisões diferentes – parte final, Campeonatos Estaduais.

Clubes campeões em divisões diferentes – parte final, Campeonatos Estaduais.

Clubes Campeões em Divisões Diferentes, nos campeonatos estaduais.
Chegamos ao final da nossa pesquisa sobre os clubes campeões em divisões diferentes, que teve a 1ª.parte com os campeonatos nacionais na Europa e depois com as divisões do Campeonato Brasileiro.

CAMPEONATOS ESTADUAIS
Aqui vamos adotar o critério de que um time tem que pelo menos ter conquistado a 1ª.divisão de seu Estado.

Rio Grande do Sul
– Brasil-P, em 1919 da 1ª.divisão e depois em 2004 e 2013 da 2ª.divisão (além de outros dos torneios de acesso);
– Guarany-B, em 1920 e 1938 da 1ª.divisão e depois 1969 e 2006 da 2ª.divisão, e ainda 1999 e 2006 da 3ª.divisão, tornando-se o único time brasileiro a ter conquistas de 3 divisões de campeonato estadual, e nesta caso ainda, pelo menos 2 títulos de cada;
– Bagé, em 1925 da 1ª.divisão, e depois em 1964, 1982 e 1985 da 2ª.divisão;
– Cruzeiro, em 1929 da 1ª.divisão e depois em 2010 da 2ª.divisão.
– Pelotas, em 1930 da 1ª.divisão e depois em 1983 e 2018 da 2ª.divisão.
– São Paulo, em 1933 da 1ª.divisão e depois em 1970 da 2ª.divisão.
– Rio Grande, em 1936 da 1ª.divisão e depois em 1962 da 2ª.divisão e ainda 2014 da 3ª.divisão.
– Grêmio-SL, em 1937 da 1ª.divisão e depois em 1967 da 3ª.divisão.
– Caxias, em 2000 da 1ª.divisão e depois em 2016 da 2ª.divisão.
– Novo Hamburgo, em 2017 da 1ª.divisão e antes em 1996 da 3ª.divisão.
OBS: o Gaúcho conquistou 3 títulos da 2ª.divisão e 1 da 3ª.divisão.

Santa Catarina
– Avaí, 16 títulos da 1ª.divisão e em 1988 da 2ª.divisão
– Caxias, em 1920, 1954 e 1955 da 1ª.divisão, e depois em 2002 da 2ª.divisão;
– Marcílio Dias, em 1963 da 1ª.divisão, e depois em 1999, 2010 e 2013 da 2ª.divisão;
– Internacional, em 1965 da 1ª.divisão, e depois em 1990 e 2000 da 2ª.divisão;
– Joinville, 12 títulos da 1ª.divisão, e depois em 2005, 2006 e 2007 da 2ª.divisão;
– Brusque, em 1992 da 1ª.divisão, e depois em 1997, 2008 e 2015 da 2ª.divisão;

Paraná
– Londrina, em 1962, 1981, 1992 e 2014 da 1ª.divisão, e também em 1999 e 2011 da 2ª.divisão;
– Grêmio Maringá, em 1963, 1964 e 1977 da 1ª.divisão, e também em 2001 da 2ª.divisão;
– Pinheiros, em 1984 e 1987 da 1ª.divisão, e antes em 1982 da 2ª.divisão;
– Paranavaí, em 2007 da 1ª.divisão, e antes em 1967 e 1983 da 2ª.divisão;
– Paraná, com 7 títulos da 1ª.divisão, e em 2012 da 2ª.divisão;
OBS: o Pato Branco, o Cascavel-FC e o Metropolitano (antes de torna-se Maringá-FC atual) alcançaram conquistas tanto na 2ª.divisão quanto na 3ª.divisão, não nesta ordem.

Rio de Janeiro
– América, 6 títulos da 1ª.divisão, e depois em 2009, 2015 e 2018 da 2ª.divisão;
– Bangú, em 1933 e 1966 da 1ª.divisão, e depois em 2008 da 2ª.divisão;
OBS: Bonsucesso, Rio Branco, Goytacaz, Porto Alegre (antes de ser Itaperuna) e Nova Cidade alcançaram conquistas tanto na 2ª.divisão quanto na 3ª.divisão, não nesta ordem.

São Paulo
– Port.Desportos, em 1935, 1936 e 1973 da 1ª.divisão, e depois em 2007 e 2013 da 2ª.divisão;
– Inter Limeira, em 1986 da 1ª.divisão, antes em 1978 da 2ª.divisão e ainda depois em 1996 e 2004.
– Bragantino, em 1990 da 1ª.divisão, e antes em 1965 e 1988 da 2ª.divisão;
– Ituano, em 2002 e 2014 da 1ª.divisão, e antes em 1989 da 2ª.divisão como Ferroviário;
– São Caetano, em 2004 da 1ª.divisão, antes em 2000 da 2ª.divisão, depois em 2017 também da 2ª.divisão, a ainda antes em 1998 da 3ª.divisão. Junta-se ao Guarany-B e ao Rio Grande-RS com títulos em 3 divisões estaduais.
OBS: Botafogo, Noroeste, Taubaté, Grêmio Barueri, Oeste (também na 4ª.divisão) e Olímpia alcançaram conquistas tanto na 2ª.divisão quanto na 3ª.divisão, não nesta ordem.

Minas Gerais
– Villa Nova, em 1932, 1933, 1934 e 1935 da 1ª.divisão, e depois em 1995 da 2ª.divisão;
– América, 16 títulos da 1ª.divisão, depois em 2008 da 2ª.divisão.
– Caldense, em 2002 da 1ª.divisão, e antes em 1985 da 2ª.divisão;
– Ipatinga, em 2005 da 1ª.divisão, e depois em 2009 da 2ª.divisão, além de 2017 na 3ª.divisão, juntando-se ao Guarany-B, Rio Grande-RS e São Caetano com títulos em 3 divisões estaduais;
OBS: Araxá, Mamoré, Guarani, Nacional-U e Uberaba alcançaram conquistas tanto na 2ª.divisão quanto na 3ª.divisão, não nesta ordem.

Espírito Santo
– Rio Branco, 37 títulos da 1ª.divisão, e também em 2005 e 2018 da 2ª.divisão;
– Desportiva, 18 títulos da 1ª.divisão, e também em 2007 e 2012 da 2ª.divisão.
– Vitória, 9 títulos da 1ª.divisão, e também em 2009 e 2016 da 2ª.divisão;
– Serra, 6 títulos estaduais da 1ª.divisão, e também em 1997 e 2017 da 2ª.divisão;
– Muniz Freire, em 1991 da 1ª.divisão e antes em 1989 da 2ª.divisão.
– São Mateus, em 2009 e 2011 da 1ª.divisão, e antes em 1987 e também em 2008 da 2ª.divisão.
– Aracruz, em 2012 da 1ª.divisão, antes em 1990 e 2010 da 2ª.divisão.
– Estrela do Norte, em 2014 da 1ª.divisão, e antes em 1996 e 1999 da 2ª.divisão.

Goiás
– Goiânia, 14 títulos da 1ª.divisão, depois em 1998 e 2006 da 2ª.divisão.
– Vila Nova, 15 títulos da 1ª.divisão, e depois em 2000 e 2015 da 2ª.divisão;
– Atlético, 13 títulos da 1ª.divisão, depois em 2005 da 2ª.divisão.
– CRAC, em 1967 e 2004 da 1ª.divisão, antes em 1965, e depois em 2001, 2003 e 2018 da 2ª.divisão;
– Anápolis, em 1965 da 1ª.divisão, depois em 1990 e 2012 da 2ª.divisão.
– Goiatuba, em 1992 da 1ª.divisão, e antes em 1984 da 2ª.divisão;
OBS: Aparecida. Grêmio Anápolis, Caldas Novas e Morrinhos alcançaram conquistas tanto na 2ª.divisão quanto na 3ª.divisão, não nesta ordem.

Distrito Federal
– Brasília, 8 títulos da 1ª.divisão, e depois em 2001 e 2008 da 2ª.divisão;
– Brasiliense, 9 títulos da 1ª.divisão, e antes em 2000 da 2ª.divisão.
– CFZico, em 2002 da 1ª.divisão, e depois em 2010 da 2ª.divisão;
– Sobradinho, em 1985, 1986 e 2918 da 1ª.divisão, e em 2003 2ª.divisão;
– Ceilândia, em 2010 e 2012 da 1ª.divisão, e antes em 1998 da 2ª.divisão;

Mato Grosso
– Mixto, 24 títulos da 1ª.divisão, e em 2009 da 2ª.divisão;
– Operário-FC, em 2002 e 2006 da 1ª.divisão, e depois em 2015 e 2018 da 2ª.divisão.
– Dom Bosco, 6 títulos da 1ª.divisão, e depois em 2014 da 2ª.divisão;
– Sinop, em 1990, 1998 e 1999 da 1ª.divisão, e antes em 1988 e depois em 2012 da 2ª.divisão;
– Sorriso, em 1992 e 1993 da 1ª.divisão, e depois em 2013 da 2ª.divisão;
– Juventude, em 2000 e 2001 da 1ª.divisão, e antes em 1990 da 2ª.divisão;
– Vila Aurora, em 2005 da 1ª.divisão, e antes em 1989 da 2ª.divisão;

Mato Grosso do Sul
– Ubiratan, em 1990, 1998 e 1999 da 1ª.divisão, e depois em 2013 da 2ª.divisão;
– Corumbaense, em 1984 e 2017 da 1ª.divisão, e também em 2006 da 2ª.divisão.
– Águia Negra, em 2007 e 2012 da 1ª.divisão, e antes em 2001 da 2ª.divisão;
– Chapadão, em 1995 e 2003 da 1ª.divisão, e depois em 2009 e 2014 da 2ª.divisão;
– Sete de Dourados, em 2016 da 1ª.divisão, e antes em 2005 da 2ª.divisão;

Alagoas
– CSA, 40 títulos da 1ª.divisão, e também em em 2005 e 2010 da 2ª.divisão;
– Coruripe, em 2006, 2007 e 2014 da 1ª.divisão, e antes em 2003 da 2ª.divisão.
– Capelense, em 1959, 1962 e 1989 da 1ª.divisão, e depois em 2008 da 2ª.divisão;
– Murici, em 2010 da 1ª.divisão, e antes em 1998 da 2ª.divisão;
– Corinthians, em 2004 da 1ª.divisão, e antes em 1995 e 1997 da 2ª.divisão;

Sergipe
– Somente dois clubes conquistaram as duas primeiras divisões: o América (1966 e 2007 na 1ª.divisão e 2006 e 2012 na 2ª.divisão) e o Pirambu (ex Olímpico de Aracaju, campeão em 1946 e 1947 da 1ª.divisão e 1987 da 2ª.divisão, e depois como Pirambu em 2006 da 1ª.divisão e no ano anterior da 2ª.divisão).

Bahia
– Botafogo – 1919-1922-1923-1926-1930-1935 e 1938 da 1a.divisão e 2012 da 2ª.divisão.
– Galícia, em 1937-1941-1942-1943-1968 da 1a.divisão e 1985 e 2013 da 2a.divisão.
– Bahia de Feira, em 2011 da 1ª.divisão e antes da 2ª.divisão em 1982-1986-1988 e 2009.
– Colo-Colo – em 1999 e 2004 da 2ª.divisão e depois em 2006 na 1ª.divisão.
– Ypiranga, com 10 títulos da 1ª.divisão e depois em 1983 e 1990 da 2ª.divisão.

Paraíba
– Santa Cruz – campeão da 2a.divisão em 1994 e bicampeão 1995-1996 da 1ª.divisão, e novamente em 2000 da 2ª.divisão.
– Auto Esporte – campeão paraibano em 1939-1956-1958 e mais em 1987-1990-1992, e na 2ª.divisão em 2006.
– Sousa – da 1ª.divisão em 1994 e 2009, e antes em 1991 da 2ª.divisão.
– Atlético – em 2002 campeão da 1ª.divisão e em 2012 campeão da 2ª.divisão.

Pernambuco
– Nenhum clube do Estado conquistou pelo menos duas divisões. Quem chegou mais perto foi o Central que conquistou a 2ª.divisão em 1999 e decidiu a 1ª.divisão com o Náutico em 2018.

Rio Grande do Norte
– Nenhum clube conquistou as duas divisões potiguares. Porém, o ABC, com seu time “B” conquistou a 2ª.divisão de 2010.

Ceará
– Icasa e Tiradentes foram campeões da 1a.dvisão em 1992 dividindo o título com Ceará e Fortaleza depois de confusões do regulamento. Então também conquistaram a 2ª.divisão, o Icasa em 2003 e 2010 (lembrando que o Icasa atual surgiu em 2002 e para muitos não tem haver com o anterior) e o Tiradentes em 1968 e 2015.

Piauí
– Nada menos que 7 clubes tiveram o feito de conquistar a 1ª. e 2ª.divisões do piauiense: o Piauí em 1957 a 2ª.divisão para depois conquistar em 1966-1967-1968-1969 e 1985 a 1ª.divisão; o Auto Esporte, por 2 vezes a 2ª.divisão, em 1966 e 1978, para então ser campeão da 1ª.divisão em 1983;
– O Picos comquistaria em 1991 seu 1º.título da 1ª.divisão, seguindo as conquistas de 1994, 1997 e 1998, e depois disso a 2ª.divisão em 2007. O Barras conquistou a 2ª.divisão em 2005 e em 2008 a 1ª.divisão.
– Já o 4 de Julho, logo conquistaria um bi em 1992-1993, a 2ª.divisão em 2003, a 1ª.divisão novamente em 2011 e fechando com a 2ª.divisão em 2016.
– O Altos, clube fundado recentemente, em 2015 conquistou a 2ª.divisão e atualmente é o bicampeão estadual 2017-2018.

Maranhão
– Aqui, dois grandes conquistaram a 2ª.divisão, o Moto Clube em 2010 e 2013, além de seus 26 títulos da 1ª.divisão, sendo o atual campeão de 2018; já o Maranhão com seus 15 estaduais da 1ª.divisão foi campeão da 2ª.divisão em 2015. Somente outro clube entrou para esta estatística, o Bacabal, campeão da 1ª.divisão em 1996 e que conquistaria em 2017 a 2ª.divisão.

Amazonas
– O tradicional Rio Negro com 16 estaduais da 1ª.divisão (o último em 2001) conquistou a 2ª.divisão em 2008; o Holanda conquistou a 2ª.divisão em 2007 para no ano seguinte conquistar a 1ª.divisão. Voltou a conquistar a 2ª.divisão em 2017.
– O Grêmio conquistava a 1ª.divisão em 2005 e depois a 2ª.divisão em 2011.
– O atual bicampeão da 1ª.divisão (2017-2018), o Manaus, foi campeão da 2ª.divisão em 2013.

Pará
– Somente o Independente conquistou as duas divisões, em 2009 a 2ª.divisão e em 2011 a 1ª.divisão.

Nos demais Estados do Norte, no Amapá, Rondônia e Roraima não se disputa a 2ª.divisão. No Acre, 3 clubes já conquistaram as duas divisões: Independência – 12 títulos da 1ª.divisão e a 2ª.divisão de 2018; Vasco – campeão da 1ª.divisão em 1965, 1999 e 2001, e da 2ª.divisão em 2013; e o ADESG, campeão da 1ª.divisão em 2006 e da 2ª.divisão em 2017.

No Estado de Tocantins, apenas o Araguaína conquistou as duas divisões, por duas vezes, a 1ª.divisão em 2006 e 2009, e depois a 2ª.divisão em 2012 e 2017.

FOTO: superinteressante.com

Post Anterior
El Clasico - Real x Barcelona, breve história.
Próximo Post
NOTÍCIAS, Copa do Brasil e Nordeste, Champions, Europa League, Libertadores e Sul-Americana.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.