InícioCompetiçõesFutebol Europeu, temporada passada.

Futebol Europeu, temporada passada.

Temporada 2016/2017
No ano de 2017 foi o semestre final da temporada europeia com a Champions League, Liga Europa e as competições nacionais dos principais países.

COPAS
Pela 3ª.vez em quatro temporadas, o Real Madrid conquista a Champions, fazendo uma história contemporânea. Desta vez, com 4×1 indiscutíveis sobre a forte Juventus, em partida realizada no Millenium Stadium, no País de Gales. As duas conquistas anteriores foram sobre o rival de Madrid, o Atlético, em 2014 e 2016. Em 2015, o Barcelona conquistava o título sobre a mesma Juventus de Turim.
Depois do tricampeonato do Sevilla na Liga Europa (este ano foi para a Champions), desta vez uma final digna de Champions com Manchester United x Ajax, garantia o 1º.título desta competição para os ingleses. Lembrando que na temporada 2016/2017, o time de Manchester, comandado pelo técnico José Mourinho alcançava sua 3ª.conquista (Supercopa e Liga, na Inglaterra).

NACIONAIS
Começando por Portugal, depois do título inédito da Seleção Portuguesa na Eurocopa 2016, o Benfica seguiu a frente de Porto e Sporting e conquistou o tetracampeonato nacional, inédito para o clube. Também na abertura conquistava a Supercopa contra o Porto, conquistou a Taça de Portugal contra o Guimarães. Na Taça da Liga ficou nas semifinais contra o Moreirense que viria a ser o campeão.

Na Espanha, o Real Madrid recuperou o título nacional, sua 33ª. conquista, liderando o campeonato de ponta a ponta. A Copa do Rei ficou pela terceira vez seguida com o Barcelona, que também levou a Supercopa da Espanha na decisão contra o Sevilla.

No futebol italiano, a “velha senhora” Juventus manteve a supremacia, chegando ao recorde histórico do hexacampeonato em campeonatos italianos. O brasileiro Daniel Alves saiu do Barcelona para conquistar taças na Itália, já que a Juventus faturava também a Copa da Itália em decisão contra a Lazio, por sinal um inédito tricampeonato da Copa. Na decisão da Supercopa Italiana, que foi disputada em Doha-Catar, o Milan garantiu o título nos pênaltis, depois de 1×1 no tempo normal, contra a própria Juventus.

Na Inglaterra, o Chelsea retomou o posto de campeão inglês (depois do título do Leicester em 2016), seu 5º.título em 25 anos de Premier League. Na Copa da Inglaterra ficou com o vice, contra o Arsenal, e ambos abrem agora a temporada com a Supercopa. Na Supercopa anterior (2016), o Manchester United do José Mourinho, e também faturava a Copa da Liga.

Na França, a supremacia do P.S.Germain nos últimos anos com o tetra nacional, bi na Copa, tri na Liga e tri na Supercopa, permaneceria com as conquistas da Supercopa, da Copa e da Liga, porém sendo vencido pelo Monaco no campeonato nacional. É maior supremacia de um clube francês na história, mesmo das épocas do Saint-Etienne, do Olympique Marseille e do Lyon.

Na Holanda, o Feyenoord havia sido campeão nacional em 1999, e depois passaria 17 anos (presenciou AZ e Twente serem campeões nacionais) em momentos ruins de sua história, assistindo ao Ajax e ao PSV conquistarem quase tudo. O time de Rotterdam conquistara apenas duas Copas em 2008 e 2015. O jejum chegava ao final, com a 15ª.conquista nacional nesta temporada.

Mas da Escócia vem a história de superação mais interessante. Ao final da temporada 2011/2012 o tradicional Rangers (54 títulos nacionais, 33 copas e 27 ligas) declara falência e vai parar na 4ª.divisão. Conquista seguidamente duas divisões (4ª e 3ª.) indo para a 2ª.divisão em 2015, quando não conseguiria o acesso ficando ainda em 2016, desta vez com título. Então em 2016/2017, o clube retornava à elite. A expectativa eram os confrontos com o grande rival Celtic, que desde 2012 faturava o campeonato nacional. Os resultados não foram bons (1×5, 1×2, 1×1 e 1×5), mas o retorno do clube foi fundamental. Ainda está a frente do Celtic com 54 taças contra 48 do rival. Que venham as próximas temporadas.

ELIMINATÓRIAS
Mais 4 rodadas (31ago/3set) e (7out/10out) para a definição das seleções europeias que vão para a Copa do Mundo. Algumas estão bem próximas da vaga: Alemanha, Polônia e Bélgica.

Post Anterior
Futebol Brasileiro em 2017, até agora.
Próximo Post
Os Alemães campeões novamente

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.