InícioAtualidadesOPINIÃO

OPINIÃO

Segundo dados dos últimos anos, cerca de 270 milhões de pessoas no mundo inteiro estão envolvidos com o futebol, sejam jogadores, árbitros, dirigentes e torcedores. É incontestável a visibilidade e participação do futebol na vida das pessoas.

No Brasil, há mais de um século, centenas de clubes e milhões de torcedores estão diariamente trabalhando, acompanhando, assistindo e de qualquer outra forma pela mídia, se informando.

Aqui, ainda enfrentamos diversas dificuldades, e principalmente uma incapacidade de organizar de forma simples e objetiva, os eventos que envolvem os campeonatos de futebol no país. Temos uma grande população vestida de torcedores, outras centenas de bons jogadores, estádios incontáveis por todos os cantos do Brasil, e sofremos pela desorganização.

Pois, neste momento que estamos começando com a temporada 2017/2018 do calendário FIFA (o futebol europeu segue esta direção) – agora nos jogos finais da Copa das Confederações (em 2018, estaremos vivendo os 30 dias da Copa do Mundo na Rússia, justamente neste momento do mês), no futebol brasileiro estamos já no andamento do campeonato brasileiro, com estas 11 rodadas disputadas.

Pelas relações globalizadas que envolvem o futebol hoje, já passou da hora de nos adequarmos a este calendário mundial. Seguindo esta tese, agora em agosto teríamos a Supercopa do Brasil, entre os campeões, Brasileiro e da Copa do Brasil, seguindo o brasileiro da 1ª. e 2ª.divisões em seu 1º.turno, até dezembro.

Nossos clubes estariam na Taça Libertadores e Copa Sul Americana (pelo menos a CONMEBOL já colocou as duas competições paralelas, como lá na Europa – o segundo ajuste seria equiparar a Champions e Liga Europa em termos de temporada). No 1º.semestre de 2018 seguiria o 2º.turno e o campeão brasileiro sairia em maio. As outras competições como Copa do Nordeste, Copa Verde, Estaduais e etc… se encaixariam dentro dos 12 meses, entre julho deste ano até junho de 2018.

É simples assim…… Evitaríamos o êxodo de jogadores no meio do brasileiro, evitaríamos paralisar o brasileiro para a Copa do Mundo, o torcedor acompanharia seu time paralelamente com os campeonatos ingleses, espanhóis, com a Champions (no caso a Libertadores). A desculpa que sempre ouvimos é que aqui no Hemisfério Sul o verão é em janeiro e na Europa, em julho. Isso já não é mais razão pra continuarmos desorganizados. E que tal, nossos estádios mais confortáveis, seguros, preços razoáveis, horários interessantes.

Esperamos algum dia poder vivenciar isso.

Post Anterior
Copa das Confederações, Campeonato Brasileiro....
Próximo Post
FIFA, breve história e suas atuações.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.