InícioMomento HistóricoParticipações de clubes em comp.nacionais 1959-2020, parte 4/5.

Participações de clubes em comp.nacionais 1959-2020, parte 4/5.

Quais clubes participaram das Competições Nacionais 1959-2020 – parte 4/5.
De 1959 a 1999 foram 4 décadas de muitos regulamentos e modelos de disputa, e também no calendário, quando em algumas edições o campeonato terminava somente no ano seguinte, e as vezes invertia-se o semestre de disputa.
Os períodos de mais turbulências haviam acontecido entre 1986-1987, também entre 1991-1997. Quando poderíamos imaginar um seguimento razoável de números de participantes, acesso e descenso, e pelo menos 3 divisões, eis que os últimos fatos de 1999 causaria mais um momento de “grande monstro da CJH” totalmente distorcida e “intencionalmente” modificada com relação a quem estaria em cada divisão.
E tudo isso veio a acontecer pelo caso Sandro Hiroshi, Gama-DF e perda de pontos do São Paulo, e conseqüente rebaixamento do Gama-DF no lugar do Botafogo.

2000
A criação da Copa João Havelange foi uma maneira de contornar os problemas jurídicos iniciados pelo Gama-DF e chegaram até a FIFA. O fato foi que o Gama-DF deveria permanecer na 1ª.divisão, e aquele “famigerado regulamento de média de pontos” de 1998-1999 fora o causador disso tudo. Junto a isso uma guerra entre o Clube dos 13 (que desde o início em 1987 se sentiam os poderosos cartolas dos grandes clubes), e a CBF, sempre fragilizada ou se fazendo fragilizada pela política que sempre imperou na Instituição.

Então como fazer isso acontecer em campo. Como montar 3 divisões, como denominar campeonato brasileiro, com satisfazer a política de cada um ?
Pois então vamos lá para as contas e divisões. Resgatam os Módulos Azul (agora 1ª.), o Módulo Amarelo (2ª.) e os Módulos Branco-Verde (os demais). As soma de clubes vai desta forma com 25+36+53 = 114 clubes. Porque estes números ? Não sabemos. Para complicar e depois dar outra solução, o mais provável.

Não houve nenhum critério explicado para esta distribuição. De fato, ocorreu:

  • dos 4 que seriam rebaixados da 1ª. Divisão 99, Gama-DF e Juventude-RS ficaram no grupo principal (Azul), mas Paraná-PR e Botafogo-SP foram para o Módulo Amarelo; – ainda compuseram o grupo principal, Goiás-GO e Santa Cruz-PE, campeão e vice da 2ª. Divisão 99, Bahia-BA (3º. colocado) e América-MG (7º. colocado – sem critério), e Fluminense-RJ (campeão da 3ª. Divisão 99 – sem critério) – e os demais 18 participantes de 1999.
  • o Módulo Amarelo (36 clubes) foi composto por Paraná-PR e Botafogo-SP (os rebaixados da 1ª. divisão), outras 12 equipes da 2ª. Divisão (São Caetano-SP, Remo-PA, Sampaio Corrêa-MA, Avaí-SC, CRB-AL, ABC-RN, Joinville-SC, Ceará-CE, XV Piracicaba-SP, Bragantino-SP, Vila Nova-GO e Londrina-PR); 5 equipes que seriam rebaixadas para a 3ª. divisão (Paysandu-PA, Criciúma-SC, América-RN, União São João-SP e Desportiva-ES – a Tuna Luso-PA foi para o Módulo Verde-Branco) e mais 12 equipes que estavam na 3ª. Divisão (as 3 do Quadrangular Final (São Raimundo-AM que subiria com o Fluminense para a 2ª. Divisão 2000, Serra-ES e Náutico-PE) e 9 equipes sem critério de escolha (Caxias-RS, Figueirense-SC, Americano-RJ, Villa Nova-MG, Brasil-RS, Anapolina-GO, Bangu-RJ, Fortaleza-CE e CSA-AL) e fechando este módulo com mais 4 equipes (Ríver-PI, América-RJ, Nacional-AM e Marcílio Dias-SC) sem nenhum critério de escolha.
  • os módulos Branco/Verde com seus 53 clubes indicados pelas Federações Estaduais.

O modelo de disputa seriam 24 rodadas para o Módulo Azul, classificando-se os 12 primeiros; o Módulo Amarelo com dois grupos e 17 rodadas em cada e mais a seqüência de Oitavas, Quartas, Semifinais, disputa de vaga e vencedor do Módulo. Neste ponto então alcançávamos 15 participantes para a Fase Final da CJH. Ou seja, qualquer dos 114 clubes poderiam ser campeão.
Os módulos Branco/Verde tiveram 3 fases de grupos, com 12 rodadas, 6 e 6 rodadas, respectivamente, chegando à decisão entre Malutrom-PR e Uberlândia-MG com o time paranaense sendo o 16º.classificado para a semifinal.
Acho que deu para entender pelo menos a disputa que chegaria aos 16 clubes que fariam Oitavas, Quartas, Semifinais e Decisão da CJH. Esta tendo que ser concluída em 2001.

E assim todos ficaram felizes, mas em particular alguns que para 2001 “subiram” divisões sem estarem nos critérios de 1999, até pelo aumento de clubes nas divisões. Clubes como Fluminense, Bahia, América-MG, São Caetano-SP, Figueirense-SC, Caxias-RS, Náutico-PE, Fortaleza-CE e Americano-RJ, que saíram da 3ª. para a 2ª.divisão.

2001
Seria o ano da “ressaca” para remontar as 3 divisões novamente, com mais clubes do que aqueles lá em 1999. O muitos dirigentes “ficaram quietos” por seus clubes trocarem de divisão sem critérios. Afinal, até podemos dizer (aqui sem defender o errado) que quem destes dirigentes iria levantar o dedo para dizer que seu clube deveria ficar na outra divisão inferior. Afinal, poderia ficar por “lá” por mais tempo do que pudesse imaginar. Visto que agora em 2020/2021 quem imaginaria o Cruzeiro permanecer numa 2ª.divisão novamente.
Mas tudo correria “bem” em 2001 com 3 divisões elaboradas e realizadas, clubes rebaixados e clubes subindo de divisão, e a vida seguiria. O Atlético-PR seria o campeão brasileiro 2001, assim como o Paysandu-PA na 2ª.divisão e o Etti Jundiaí-SP (originalmente o Paulista, e anos depois retornando como Paulista).

As Olimpíadas de 2000 para a Seleção Brasileira fora um fracasso eliminada na prorrogação por Camarões, logo nas Quartas, mas depois da crise a Seleção conseguiria vaga a Copa do Mundo no Japão/Coréia. Nós brasileiros, os mais jovens mais empolgados por título de 1994 e vice em 1998. Nós mais antigos um pouco (àquela época) mal lembrávamos do título de 1970, já estávamos satisfeitos com o tetra.

2002
E uma grande surpresa acontecia para todos nós brasileiros, uma campanha de vitórias e bom futebol (podemos admitir isso sim) e craques como Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho, trazendo o penta da Copa do Mundo. Nas madrugadas do fuso horário, os gols e o título.
Daí chegávamos em agosto para nossa Brasileirão. A 1ª. e 2ª. divisões com os mesmos 26 participantes, 25 rodadas de todos contra todos, os 8 melhores indo para Oitavas, Quartas, Semifinais e Decisão, sempre em duas partidas e o campeonato terminando em dezembro de 2002. Que maravilha !!!!!
Na Terceirona, a fase de grupos inicial, depois fases eliminatórias até chegar no Quadrangular Final. Que viesse 2003 neste mesmo modelo pra tudo ficar bem definitivamente, e o país penta-campeão do mundo poder comemorar seus campeonatos e títulos.
E só para lembrar quem estava nestas divisões, veja a seguir:

1ª.divisãoSantos-SP (campeão), Corinthians-SP, Grêmio-RS e Fluminense-RJ os 4 primeiros; São Paulo-SP, São Caetano-SP, Juventude-RS e Atlético-MG formando até a 8ª.colocação; Cruzeiro-MG, Vitória-BA, Coritiba-PR, Goiás-GO, Ponte Preta-SP, Atlético-PR, Vasco-RJ, Guarani-SP, Figueirense-SC, Flamengo-RJ, Bahia-BA, Paysandu-PA, Internacional-RS e Paraná-PR até a 22ª.colocação; e os rebaixados Port.Desportos-SP, Palmeiras-SP, Gama-DF e Botafogo-RJ.

2ª.divisão teve o Criciúma-SC (campeão), Fortaleza-CE, Santa Cruz-PE e Etti Jundiaí-SP os 4 primeiros; Sport-PE, Avaí-SC, América-MG e Remo-PA até a 8ª.colocação; CRB-AL, América-RN, Mogi Mirim-SP, Joinville-SC, Ceará-CE, Caxias-RS, Vila Nova-GO, União São João-SP, Anapolina-GO, Londrina-PR, São Raimundo-AM e Náutico-PE até a 20ª.colocação; e os rebaixados Americano-RJ, Botafogo-SP, Sampaio Corrêa-MA, Guarany Sobral-CE, XV Piracicaba-SP e Bragantino-SP. Observando que as duas divisões teriam em 2003, 24 participantes cada.

3ª.divisão com 61 participantes, o Brasiliense-DF (campeão), Marília-SP, Ipatinga-MG e Nacional-AM os 4 primeiros; ULBRA-RS, ABC-RN, Ferroviário-CE e Villa Nova-MG até a 8ª.colocação; Atl.Roraima-RR, Rio Branco-SP, Anápolis-GO, Iraty-PR, Olaria-RJ, CSA-AL, Tupi-MG e River-PI até a 16ª.colocação; e Treze-PB, Brasil-RS, Santa Inês-MA, Confiança-SE, Itabaiana-SE, Tocantinópolis-TO, União Bandeirante-PR, Tuna Luso-PA, Atlético-GO, CFZico-DF, Atl.Sorocaba-SP, Ypiranga-AP, Palmeiras-BA, Bangu-RJ, Fluminense-BA e Ituano-SP até a 16ª.colocação. E ainda mais outros 29 clubes que ficaram na fase de grupos (alguns como Uberlândia-MG, Ferroviária-SP, Goiânia-GO, Inter Limeira-SP, Rio Branco-ES, América-RJ, Sergipe-SE, Botafogo-PB e Santo André-SP).

Na próxima postagem a parte final 5/5 de “quais clubes participaram….”, e já teremos como ficarão as divisões para esta temporada de 2021 nas 4 divisões do brasileiro.
Até mais.

FOTO: netvasco.com

Post Anterior
EUROPA: Oitavas da Champions e também a Europe League.
Próximo Post
Esta é a história mais recente.

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.