InícioAtualidadesPOST 300 – o Brasil sediando a Copa América na história – 1919-2019.

POST 300 – o Brasil sediando a Copa América na história – 1919-2019.

Seleção Brasileira na Copa América – Sedes: 1919-1922-1949-1989-2019.
Logo de início o final “9” em 4 das 5 vezes que o Brasil sediou a Copa América. Nas 4 anteriores, todas terminadas com o título sul-americano. E agora em 2019, passado o centenário da competição, numa época de futebol muito mais competitivo aqui na América do Sul, quase não acontecendo aqueles favoritismos e resultados extraordinários.

Entre 14 de junho e 7 de julho, por 21 dias, o Brasil sedia os jogos desta 46ª. edição do torneio, em que o Chile é atual bicampeão (2015-2016) e anteriormente com o Brasil também bicampeão (2004-2007). O Uruguai foi campeão em 2011, e antes disso, a Colômbia em 2001, o Uruguai em 1995, o bicampeonato da Argentina em 1991-1993, até o título do Brasil em 1989, quando sediou a competição pela última vez, ou seja, há 30 anos.

Estádios e suas capacidades em 2019.
Estádio do Maracanã – 78.838 – Rio de Janeiro-RJ
Estádio do Morumbi – 66.795 – São Paulo-SP
Arena Corinthians – 47.605 – São Paulo-SP
Estádio do Mineirão – 58.170 – Belo Horizonte-MG
Arena do Grêmio – 55.662 – Porto Alegre-RS
Arena Fonte Nova – 51.900 – Salvador-BA

No futebol totalmente globalizado, quem dos mais antigos poderiam imaginar, ou até mesmo em 1989, quantos jogadores sul-americanos jogando na Europa e nos mesmos clubes ?
É claro que em 1989, Alemão e Careca jogavam com Maradona no Napoli, e outros casos. Na atualidade, Messi-Suarez-Neymar faziam o trio no Barcelona. Neymar foi para o PSG e faz dupla com o uruguaio Cavani. Já Gabriel Jesus joga com Aguero no Manchester City, e por aí vai.

A Copa América é a precursora de competições de seleções nos Continentes, e depois vieram a Copa da Concacaf em 1941 (teve outros nomes), a Copa da Ásia em 1956, a Copa da África em 1957, a Eurocopa em 1960 e a Copa da Oceania em 1973.

A história da Copa América começou como Campeonato Sul-Americano que tinha geralmente de 3 a 5 participantes em suas primeiras 14 edições, entre 1916 e 1937. Daí pelos 30 anos seguintes mais 14 edições sem nunca ter alcançado mais de 8 participantes em uma só edição como em 1947 e 1949, porém com todas as 10 seleções do continentes já com presenças em edições.

Praticamente fechamos o primeiro período da competição, que logo teria sua denominação alterada para Copa América. Ainda neste período, foi estabelecido o recorde de gols marcados em uma só edição, os 135 gols em 1949, aqui no Brasil. Outras duas edições superam os 100 gols, em 1947 (102 gols) e 1957 (101 gols). Desde então nenhuma outra edição superou 100 gols, principalmente nas últimas décadas, tendo chegado ao máximo de 91 gols em 2016, na comemoração do Centenário, nos Estados Unidos, com 16 participantes e mais jogos.
Os ataques das seleções alcançaram os seguintes números: na 16ª.edição, em 1942, Uruguai e Argentina chegavam aos 21 gols marcados, com a Argentina batendo recordes em 1945 com 22 gols e 1947 com 28 gols. Mas o recorde maior, nunca superado foi do Brasil como sede em 1949, com 39 gols marcados.
Somente Argentina e Brasil, em 1957, com 25 e 23 gols, respectivamente, e o Brasil em 1997 com 22 gols, superaram duas dezenas de gols em uma só edição.

A maior média de gols na competição aconteceu em 1927 com 6,17 gols por jogo, seguido da edição do ano anterior com 5,50 gols por jogo. Desde 1975, como Copa América, a maior média acontece em 2007 com 3,31 gols, seguido de 1975 com 3,16 gols e em 2004 com 3,00 gols.
Como vemos os gols ficaram escassos. A Copa América, desde 1975 – houve um período em que a competição ficou “esquecida” por 8 anos (desde 1967) e voltaria com uma disputa diferenciada, em fases de grupos, com as seleções jogando em seus países. Já nos anos 1980 retornava com as Edições em Sede.
São 783 jogos no total (e vamos chegar aos 809 jogos ao final desta edição) e 2525 gols marcados podendo alcançar 2600 gols caso mantenha-se a média da última edição, 2,84 gols por partida.
Que chegue a Copa América, a partir de 14 de junho. Até lá voltamos com outras informações históricas.
Abaixo, a 4 edições que o Brasil sediou, 4 títulos. A tabela de jogos de 2019, primeira fase.

1919
Turno Único
11.maio.1919.domingo
Brasil 6×0 Chile
13.maio.1919.terça
Uruguai 3×2 Argentina
17.maio.1919.sábado
Chile 0x2 Uruguai
18.maio.1919.domingo
Argentina 1×3 Brasil
22.maio.1919.quinta
Argentina 4×1 Chile
26.maio.1919.segunda
Brasil 2×2 Uruguai

Classificação: Brasil (5), Uruguai (5), Argentina (2) e Chile (0).

Decisão
29.maio.1919.quinta
Brasil 1×0 Uruguai
(*) O Brasil sagrou-se campeão.

Principais Artilheiros
Arthur Friedenreich (Brasil) 4
Neco (Brasil) 4

1922
Turno Único
17.setembro.1922.domingo
Brasil 1×1 Chile
23.setembro.1922.sábado
Chile 0x2 Uruguai
24.setembro.1922.domingo
Brasil 1×1 Paraguai
28.setembro.1922.quinta
Chile 0x4 Argentina
01.outubro.1922.domingo
Brasil 0x0 Uruguai
05.outubro.1922.quinta
Paraguai 3×0 Chile
08.outubro.1922.domingo
Uruguai 1×0 Argentina
12.outubro.1922.quinta
Paraguai 1×0 Uruguai
15.outubro.1922.domingo
Brasil 2×0 Argentina
18.outubro.1922.quarta
Argentina 2×0 Paraguai

Classificação: Brasil (5), Paraguai (5), Uruguai (5), Argentina (4) e Chile (1).

Decisão
22.outubro.1922.domingo
Brasil 3×0 Paraguai
(*) O Brasil sagrou-se campeão.

Principal Artilheiro
Juan Francia (Argentina) 4

1949
Turno Único
03.abril.1949.domingo
Brasil 9×1 Equador
06.abril.1949.quarta
Bolívia 3×2 Chile
Paraguai 3×0 Colômbia
10.abril.1949.domingo
Equador 0x1 Paraguai
Colômbia 0x4 Peru
Brasil 10×1 Bolívia
13.abril.1949.quarta
Chile 1×2 Brasil
Equador 2×3 Uruguai
Paraguai 3×1 Peru
17.abril.1949.domingo
Brasil 5×0 Colômbia
Chile 1×0 Equador
Bolívia 3×2 Uruguai
20.abril.1949.quarta
Peru 4×0 Equador
Colômbia 1×1 Chile
Uruguai 2×1 Paraguai
24.abril.1949.domingo
Brasil 7×1 Peru
25.abril.1949.segunda
Equador 0x2 Bolívia
Colômbia 2×2 Uruguai
27.abril.1949.quarta
Peru 3×0 Bolívia
Paraguai 4×2 Chile
30.abril.1949.sábado
Paraguai 7×0 Bolívia
Brasil 5×1 Uruguai
Peru 3×0 Chile
03.maio.1949.terça
Equador 4×1 Colômbia
04.maio.1949.quarta
Uruguai 3×4 Peru
06.maio.1949.sexta
Bolívia 4×0 Colômbia
08.maio.1949.domingo
Chile 3×1 Uruguai
Paraguai 2×1 Brasil

Classificação: Brasil (12), Paraguai (12), Peru (10), Bolívia (8), Chile (5), Uruguai (5), Equador (2) e Colômbia (2).

Decisão
11.maio.1949.quarta
Brasil 7×0 Paraguai
(*) O Brasil sagrou-se campeão.

Principal Artilheiro
Jair da Rosa Pinto (Brasil) 9

1989
Primeira Fase
01.julho.1989.sábado
Paraguai 5×2 Peru
Brasil 3×1 Venezuela
02.julho.1989.domingo
Uruguai 0x1 Equador
Argentina 1×0 Chile
03.julho.1989.segunda
Venezuela 2×4 Colômbia
Brasil 0x0 Peru
04.julho.1989.terça
Uruguai 3×0 Bolívia
Argentina 0x0 Equador
05.julho.1989.quarta
Peru 1×1 Venezuela
Colômbia 0x1 Paraguai
06.julho.1989.quinta
Equador 0x0 Bolívia
Chile 0x3 Uruguai
07.julho.1989.sexta
Paraguai 3×0 Venezuela
Brasil 0x0 Colômbia
08.julho.1989.sábado
Uruguai 0x1 Argentina
Bolívia 0x5 Chile
09.julho.1989.domingo
Colômbia 1×1 Peru
Brasil 2×0 Paraguai
10.julho.1989.segunda
Chile 2×1 Equador
Argentina 0x0 Bolívia

Classificação
Grupo A – Paraguai (6), Brasil (6), Colômbia (4), Peru (3), Venezuela (1).
Grupo B – Argentina (6), Uruguai (4), Chile (4), Equador (4) e Bolívia (2).

Fase Final
12.julho.1989.quarta
Paraguai 0x3 Uruguai
Argentina 0x2 Brasil
14.julho.1989.sexta
Uruguai 2×0 Argentina
Brasil 3×0 Paraguai
16.julho.1989.domingo
Argentina 0x0 Paraguai
Brasil 1×0 Uruguai

Classificação: Brasil (6), Uruguai (4), Argentina (1) e Paraguai (1).

Principais Artilheiros
Bebeto (Brasil) 6
Ruben Sosa (Uruguai) 4
Iguaran (Colômbia) 3
Maldonado (Venezuela) 3
Romário (Brasil) 3

2019
Primeira Fase
14.junho.2019.sexta
Brasil x Bolívia
15.junho.2019.sábado
Venezuela x Peru
Argentina x Colômbia
16.junho.2019.domingo
Paraguai x Catar
Uruguai x Equador
17.junho.2019.segunda
Japão x Chile
18.junho.2019.terça
Bolívia x Peru
Brasil x Venezuela
19.junho.2019.quarta
Colômbia x Catar
Argentina x Paraguai
20.junho.2019.quinta
Uruguai x Japão
21.junho.2019.sexta
Equador x Chile
22.junho.2019.sábado
Peru x Brasil
Bolívia x Venezuela
23.junho.2019.domingo
Catar x Argentina
Colômbia x Paraguai
24.junho.2019.segunda
Chile x Uruguai
Equador x Japão

Classificação
Grupo A – Brasil, Bolívia, Venezuela e Peru.
Grupo B – Argentina, Colômbia, Paraguai e Catar.
Grupo C – Uruguai, Equador, Japão e Chile.

Quartas de Finais
Semifinais
Finais

FOTO: radiogrenal

Post Anterior
SiteFUTEBOL na Estrada - São Paulo.
Próximo Post
Mundial Sub20 2019 em andamento, início Torneio de Toulon ....

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.